Notícias

Mais notícias








Notícias
Gripe H1N1 causa primeira morte este ano no estado do Rio
Outro caso suspeito também está sendo investigado em Resende RIO - O estado do Rio registrou este ano uma morte causada pela gripe H1N1. A vítima morava na Região Metropolitana, mas a cidade não foi divulgada. Um outro caso suspeito da doença está sendo investigado: o de uma mulher de 57 anos, que morreu no dia 13 de fevereiro, em Resende, no Sul Fluminense. Em todo o país, são 46 óbitos.

Segundo a Superintendência de Vigilância Epidemiológica e Ambiental da Secretaria estadual de Saúde, três pacientes tiveram a doença confirmada por exames laboratoriais. No ano passado, não houve nenhum diagnóstico de H1N1. O caso de Resende está sendo monitorado pela Secretaria de Saúde, que enviou material para análise no Laboratório Central Noel Nutels, no Rio. O laudo ainda não ficou pronto.

Segundo o subsecretário estadual de Vigilância em Saúde, Alexandre Chieppe, as altas temperaturas colaboram para o baixo índice de notificações.

— No Rio, historicamente, a curva de incidência aumenta a partir de junho, quando as temperaturas são mais baixas. Risco sempre existe, mas São Paulo convive com mais frio, a Região Metropolitana do Rio tem temperaturas mais altas — explicou Chieppe.

Fonte: O Globo Online

Sociedade de Infectologia do Estado do Rio de Janeiro - SIERJ
Av. Mem de Sá, 197, Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP: 20.230-150
Tel. (21) 2507-3353 - Fax: (21) 2509-0333

© Copyright, 2015 - SIERJ. Todos direitos reservados.