Notícias

Mais notícias








Notícias
Doença que torna urina preta tem semelhanças com surtos na Europa
Pesquisadores estão perto de identificar causas de enfermidade que preocupa em Salvador

O GLOBO ONLINE – 11 DE JANEIRO DE 2017

RIO - Pesquisadores da Universidade Federal da Bahia (UFBA) estão analisando amostras de material de pacientes que podem ter contraído uma doença misteriosa que provoca intensas dores musculares e deixa a urina com a cor preta. Os 52 casos suspeitos surgiram a partir de dezembro.

Segundo a Secretaria de Saúde do estado (Sesab), um homem que morreu no último dia 31 apresentou os sintomas, mas não se pode dizer que a doença desconhecida o matou, uma vez que ele sofria de outros problemas de saúde, como a hipertensão.

De acordo com o pesquisador Gúbio Soares, do Laboratório de Virologia da UFBA, a equipe deve identificar a doença e sua origem até a próxima semana. Mas testes de fezes e urina indicam que a doença pode ser causada por um vírus do gênero Enterovírus ou do gênero Parechovírus. Apesar de não serem fatais, esses vírus podem levar a um quadro de insuficiência renal, se não forem tratados de forma adequada. A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) também está analisando amostras de material.

Os casos estão concentrados na região de Salvador. A manifestação dos sintomas se assemelha a pequenos surtos ocorridos no exterior, como no Japão, entre 2008 e 2014, na França, entre 2008 e 2010, e na Dinamarca, em 2014.

— Identificamos a família do vírus, e estamos sequenciando o material genético. Não é um vírus fatal, mas pode levar à insuficiência renal. É muito importante procurar o médico em caso de sintomas. A pessoa não deve, por exemplo, tomar remédios anti-inflamatórios de jeito nenhum — explica Soares.

Sociedade de Infectologia do Estado do Rio de Janeiro - SIERJ
Av. Mem de Sá, 197, Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP: 20.230-150
Tel. (21) 2507-3353 - Fax: (21) 2509-0333

© Copyright, 2015 - SIERJ. Todos direitos reservados.